A rua do almoço do dia de Natal

Já me deu para muita coisa, mas este ano deu-me para ir a correr de minha casa até ao local do almoço da parte da família que “ganhou” o direito de organizar o manjar de Natal. Podia ser uma coisa épica, se se tratasse de um Lisboa-Santarém ou coisa que o valha mas não, é apenas um percurso de 10-12 kms na versão easy, mesmo que eu o complique embrenhando-me em Monsanto e abusando de tudo o que havia para abusar no jantar da véspera.

Assim sendo, expedindo o kit de banho e roupa um bocadinho mais própria para a época do que lycra através das pessoas sensatas que foram de carro, lá fui eu. Alguns que sofrem do mesmo mal que eu pelo caminho, a azia natural a surgir para lembrar que enfardar e correr não são propriamente actividades mega compatíveis. No entanto, já na parte final da corrida, resolvi oferecer-me um presente.

já tinha passado várias vezes por uma rua íngreme ali em Alfragide, perto do hotel novo que lá abriu e da Efacec. Em pleno dia de Natal, a caminho do almoço, decidi que era tempo de escalá-la.

DSC_0034Chegado lá a cima, descubro a mensagem motivacional-bónus que fica sempre bem.
DSC_0035
Olhando lá para baixo, vi que só tinha escalado meia dose – na próxima vez que tiver a oportunidade, peço o prato completo.DSC_0036

E talvez isto seja uma mensagem para 2015, não a ideia de subir ruas estranhas quando me apetecer, mas o conceito de agarrar o que houver para ser aproveitado. Sem manias de grandeza pelo meio.

Anúncios

Tens a certeza disso que dizes?

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s