Água natural não é chá e importantes considerações aquáticas a tirar de visitas a restaurantes

O mundo da restauração é um cantinho de curiosidades filosóficas. Para além de todo o paradigma do empregado chico-esperto, há um conjunto de questões e situações que só parecem ganhar vida a partir do momento em que entramos num restaurante ou pastelaria.

“…e dê-me uma água natural se faz favor.”

“Tenho aqui, mas está um bocado quente. Veja lá se está boa.”

“Não está não, parece quase chá…”

“Então veja lá esta.”

“Está não está quente, mas está fresca…”

“Ah, está quase natural…”

“Desculpe, se calhar vai estar natural daqui a 10/15 minutos, mas agora está fresca…”

“Então, se não a for beber já…”

“Pois, mas eu pedi-lhe uma água natural agora, não daqui a 10/15 minutos.”

“Isso depende da interpretação…”

“Ok, então deixe-me interpretar à minha maneira: água natural para beber já, tem?”

“Só da torneira. Serve?”

“Não. Pode ser um Sumol de ananás então…”

“Fresco ou natural?”

“….”

Anúncios

Tens a certeza disso que dizes?

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s