Casais de smartphones adoptam cada vez mais pessoas

Segundo os últimos dados, existem cada vez mais telemóveis/smartphones topo de gama a adoptar pessoas carenciadas e/ou com baixo nível de instrução ao nível de gadgets. De acordo com José Maria Apple, representante da Associação Nacional de Smartphones Solidários, esta tendência já se verifica há alguns anos, tendo no entanto atingido o seu expoente no período de crise económica a que Portugal esteve sujeito.

‘É triste, mas ao mesmo tempo enternecedor, ver alguém disposto a dar 600 ou 700 Euros por um smartphone e depois andar todos os dias a comer arroz de atum na marmita ao almoço ou a esperar horas para abastecer em gasolineiras de marca branca só para poupar alguns cêntimos.

Essa foi uma das razões pelas quais temos mantido intensas negociações com operadoras móveis e marcas que fazem concursos para oferecer telemóveis, de maneira a que nos seja facilitado o acesso a estas pessoas, dando mais peso à sua alegria e tornando a sua carteira mais leve’.

José Maria Apple confidenciou ainda, na presença do presidente da SmartPhones Care for Dumb People, o Dr. Sam Sung, que é um gesto nobre preencher a vida desta franja da população que, quando é adoptada por um smartphone, passa a ter um amigo por perto a qualquer hora do dia e já nem precisam de olhar para os outros em situações constrangedoras como elevadores, transportes públicos ou até jantares de família, onde já se sabe que a conversa vai sempre degenerar em conflito e recriminações e amarguras de longa duração’.

Além disso, acrescenta José Maria Apple “Eles exigem tão pouco do smartphone, basta uma câmara, redes sociais, emails, aplicações que permitam activar a vida e desligar o cérebro facilmente e, ocasionalmente, telefonar. E isso exige tão pouco de um smartphone, face às nossas capacidades totais que o valor que essas pessoas nos atribuem nos deixa nas mãos a responsabilidade e até o dever de cuidar delas, adoptando-as e dando-lhes o sentido da vida que tanta vezes lhes falta, afastando-as de situações mundanas em que o bom senso e o racionalismo só contribuem para menos likes, scrolls, updates e refreshs’.

Não há ainda planos para um plano de adopção por parte dos Tablets Pelas Pessoas Necessitadas, mas estes vão tendo cada vez mais acções solidárias junto das novas gerações que desde pequenas começam já a perceber que há mais conforto no que um tablet lhes proporciona do que naquilo que os chatos dos pais e dos familiares lhes estão sempre a exigir.

Anúncios

Um pensamento sobre “Casais de smartphones adoptam cada vez mais pessoas

  1. Também será necessário criar a associação de apoio ao tablet… É que muito foram esquecidos depois de comprados e jazem cheios de pó e infelizes num canto da sala.

Tens a certeza disso que dizes?

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s