As pessoas eclipse

Aparecem, aparecendo.
Por vezes são anunciadas.
Outras não.
E é neste evento não planeado,
Que reside a satisfação da coisa.
Sem necessidade de um porquê,
De um amanhã ou de um a ver se combinamos.
Não é para combinar.
É para desfrutar do momento,
Da conversa,
Da presença que vale por si.
A memória do último encontro
É a promessa do encontro seguinte,
Seja lá quando e onde for.
Eu vou lá estar
E sei que tu também.

Anúncios

Tens a certeza disso que dizes?

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s