Guia básico de ‘smilies’ da vida real

Na net, o smilie é o sinal stop da piada ou o calmante após o insulto e a ironia. Mas e no cara a cara, o que pode ocupar o lugar do smilie?

wink_m

Assim por alto, gosto de definir os smilies que utilizamos na comunicação digital como inibidores de seriedade. Colocados lá, anulam, disfarçam, aliviam ou pontuam com boa disposição o que quer que seja que tenhamos dito antes. Mesmo que sejam totalmente falsos na sua intenção 😉

Mas, na vida real, para diluir ironias ou reforçar a nossa personalidade satírica, por vezes há que esclarecer/confundir os que nos rodeiam e não temos smilies disponíveis. Vai daí, eis cinco recursos estilísticos possíveis:

A piscadela de olhos intimista ‘isto fica entre nós, apesar de não ficar’

2917268

Traficantes de droga era serrar-lhes os tomates a todos…

Quando, por exemplo depois de fazer uma piada sobre como costumo levantar o puto do berço usando um desentupidor de canos com ventosa, vejo que no grupo uma pessoa está com ar semi-desconfiado de que isso pode ser verdade. O piscar de olhos assegura-lhe a minha (a)normalidade, com o bónus de significar um acto de partilha intimista ‘esta piada fica entre nós, que o resto do grupo não está à tua altura’.

O ‘ahhh-ahhhh’ brincadeirinha

Aplicável em situações de ironia ou piada simplesmente má, às quais se sucedem uns segundos de silêncio desconfortável balsâmico. É a tua vocalização de admissão do nonsense, a declaração de rendição da piada, o eco à Malucos do Riso. A verdade é que, se por um lado há gente que só apanha punchlines a murro, por outro a nossa falta de complexos em relação a piadas secas ou bitaites irónicos faz com que os outros descontraiam em relação às mesmas.

tumblr_n5kg5otGke1qcga5ro1_500

Não me recordo de alguma vez ter entrado num mau filme…

As ‘pistolinhas’ feitas com os dedos
Nos cowboys da tentativa de humor ou, simplesmente, pela necessidade de ser muito activo a reforçar uma piada é frequente ver malta a sacar das pistolinhas feitas com os dedos, gesticulando várias vezes com um sorriso nos lábios. Também podem ser usadas para clarificar possíveis ironias mas, a não ser que estejamos num momento Batanetes, os utilizadores de fina ironia poderão preferir um gesto mais discreto.

winkfinger-gunsmoviequentin-tarantinoreservoir-dogsmr-blonde

Taran…Tino de Rans, estás a perceber?

O ‘soco’ fofinho no braço

É quase um pedido de desculpa ou o angariar sentimental de um sorriso condescendente. É do género, isto quase que tinha piada ou acabei de te dizer algo que não percebeste e até era insultuoso mas agora vou reforçar os nossos laços de amizade com este murrinho carinhoso e tudo vai ficar bem.

giphy

As amizades não se cobram…cobram, estás a ver, e tu és uma…

O encolher de ombros à filme a preto e branco

Usado pelo interlocutor que, não tendo medo de fracassar, é no entanto forçado a mostrar que é cómico de uma forma corporal, com exagero e sem palavras. Também é um claro ‘eu não tenho culpa de ser assim’, mas tu tens culpa por estares gordo e o facto de eu te ter chamado cachalote das avenidas também não ajudou muito. Quanto mais ridículo o encolher de ombros mais nos arriscamos a ficar numa de duas categorias – ‘às vezes és meio atrasado’ ou ‘este tipo é meio Jim Carrey, mas sem piada’.

shrug-house

Eu sou médico, mas às vezes devia ser mais paciente…

 

Atenção, muitas vezes há quem combine algumas das sugestões apresentadas. São os virtuosos dos smilies da vida real 😀

Anúncios

Tens a certeza disso que dizes?

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s