Os entupidores

Queres entrar sempre primeiro do que quem sai,
as portas abrem, o mundo é teu, a mochila nos teus dentes é minha.
No Metro ou no elevador, amanhã à mesma hora?

Tiveste uma relação com o Multibanco, mas ela acabou. Deixou-te um talão, que relês pensativo, pensando que o tempo parou à tua volta.
Não parou, estou a contar os minutos para te apertar o pescoço. Morte por leitura demasiado demorada de talões junto à caixa, é coisa de jornal.

A escada rolante rola, uma vezes sobe, outras desce. Só tu permaneces constante. Sem te mexeres. Com uma amiga ao teu lado ou dois gajos de gravata – Reflectem porventura sobre a imobilidade móvel.
O meu mau feitio não cabe na escada. Infelizmente uma ceifeira debulhadora também não. Subo parado, desço imóvel, perco tempo a fantasiar golpes debilitantes.

Está na fila? Não, não estou. Perdão, não era uma pergunta, era uma afirmação, porque mesmo não estando, está na fila. Ah, se calhar estou, mas não devia estar. Pode não estar um bocadinho mais para o lado?
E lá foi não estar, para aí 20cm mais ao lado, entupir a vida ao próximo.

Para esgotos, canos, sanitas e afins todas as semanas vejo autocolantes aliciantes de empresas de serviço competente, ao nível do ‘DesenTop’, ‘Ninjas dos Esgoto’ e ‘Mestre Desentupidor’.
Para a vida, nem um desentupidor à vista.

Anúncios

Tens a certeza disso que dizes?

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s