O dilema de voltar a ler

Depois de algum tempo de leituras intermitentes, em que saíram a ganhar alguns comics emprestados que há muito ganhavam pó na prateleira, o início do ano também serviu para voltar às lides. Tinha três opções em jogo:

The year of the runaways – um dos escolhidos numa voltinha pelas listas do Booker Prize (só não veio a história dos sete assassinatos na Jamaica porque não quis arriscar na versão inglesa com muito calão jamaicano)

Faz-te homem (prenda do amigo secreto empresarial, que me faz pensar se ele considerou que preciso de ler mais ou de dar mostras da minha masculinidade)

Manual do aquecimento super XPTO do quarto do puto, que inclui ligação ao smartphone e hipótese de causar holocausto nuclear em caso de insatisfação.

Por onde será que me senti obrigado a começar?

Anúncios

2 pensamentos sobre “O dilema de voltar a ler

Tens a certeza disso que dizes?

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s